Browsing Category

Review

Review

Review: Minha primeira Kawaii Box + sorteio

29 de setembro de 2015

Nunca fui do tipo que resiste facilmente a coisas fofas, então vocês já devem imaginar o quanto eu pirei quando recebi a minha primeira Kawaii Box, né? As caixinhas de assinatura mensais já fazem sucesso há algum tempo, mas eu nunca tinha me deparado com uma tão irresistível assim. Basicamente, a Kawaii Box é uma junção de itens cute coreanos e japoneses escolhidos com muito carinho para deixar os assinantes do mundo inteiro felizes.  Eu recebi a edição de julho para apresentar essa novidade pra vocês.

 photo DSC_0268-1.jpg

Já imaginou todo mês receber em casa uma seleção incrível de coisas fofas? Essa é a proposta da Kawaii Box, que conta com os planos mensal, trimestral, semestral e anual.  O mais legal é ficar naquela expectativa do que você vai receber, já que você não faz ideia das novidades do mês. Mas é sempre bom ter a garantia de que algo incrível está a caminho, por isso que essa caixinha maravilhosa é parceira de marcas como a Sanrio, MyMelody, Pony Brown e Totoro. O envio é feito pro mundo inteiro com frete grátis!

 photo DSC_0174-1-1.jpg

Continue lendo

Beleza, Review

Review: Máscara Morte Súbita, da Lola Cosmetics

10 de agosto de 2015

Finalmente comprei meu Morte Súbita! Eu tava desejando a famosa máscara da Lola Cosmetics há tempos e, por acaso, a encontrei em uma loja da minha cidade. De acordo com a vendedora, tinha”acabado de chegar”. E ainda tem gente que não acredita em destino… É claro que não resisti e comprei logo o meu. Paguei R$ 69,90 pelo de 450g, o que parece muito, mas em se tratando de Lola o investimento vale a pena. Gosto muito da marca e em breve vou falar mais dos outros produtos deles que eu uso. Quem consome os produtos da Lola sabe o quão difícil é encontrá-los. Praticamente só dá pra comprá-los online, então achei que o momento era bastante oportuno para adquirir a minha Morte Súbita (essa frase soou estranha).

 photo ReviewMascara-Morte-Subita-da-Lola-Cosmetics.jpg

É claro que minhas expectativas estavam elevadíssimas. Nunca li uma resenha negativa dessa máscara na vida. Sempre me deparei com elogios e mais elogios sobre ela em todos os grupos e blogs de beleza que navego. Como sou adepta do cronograma capilar (não sabe o que é isso? Então confere este post!) e estava há meses usando Yamasterol na fase de hidratação, achei que estava na hora de partir para um produto mais power, sabe? Não que o Yamasterol não seja maravilhoso, ele é! Mas além do meu cabelo já estar acostumado com ele, percebi que agregar outros componentes à hidratação poderia ser ainda mais benéfico.

Aproveitei que tinha aplicado recentemente uma coloração para testar a Morte Súbita. A primeira lavagem após a tintura é sempre quando meu cabelo parece estar mais castigado. Querendo ou não, ele foi agredido quimicamente. Assim que abri a embalagem me surpreendi com o cheiro. Não me levem a mal, mas um produto com um nome tão sugestivo me fez pensar que o cheiro não seria dos melhores, haha. Felizmente a Morte Súbita tem um aroma bem agradável e nada enjoativo.

Continue lendo

Filmes, Review

Eu assisti: A Escolha Perfeita 2

7 de agosto de 2015

A Escolha Perfeita 2 (Pitch Perfect 2) é um dos lançamentos que chegam aos cinemas neste mês de agosto. Estava super curiosa para conferir o filme, porque tinha amado o primeiro. Felizmente, fiquei bem contente com a sequência também!

 photo eu-assisti-a-escolha-perfeita-2-03.jpg

No longa, as Barden Bellas são tricampeãs nacionais e querem muito participar do Campeonato Mundial de Canto à Capela. O problema é que as meninas, que agora contam com Emily (Hailee Steinfeld), uma nova integrante, parecem ter perdido a mão e estão sofrendo para entrar em sintonia. Cada nova apresentação delas vem recheada de acessórios desnecessários e erros catastróficos, o que tem posto em xeque a confiança do grupo.

 photo eu-assisti-a-escolha-perfeita-2-02.jpg

Chloe (Brittany Snow), uma das líderes das Bellas, está pressionando mais do que nunca para que as meninas se esforcem e possam derrotar a impecável equipe alemã no campeonato, mas Beca (Anna Kendrick), a responsável por fazer os arranjos das apresentações, já não tem mais a o canto como uma prioridade. Já perto de se formar, a garota está preocupada com seu o futuro como produtora musical, passando a dividir seu tempo livre com um estágio em um importante estúdio de gravação.

Continue lendo

Beleza, Review

Review: Batom líquido com acabamento matte da Vult

8 de maio de 2015

Aos pouquinhos tou me rendendo aos batons mais escuros. Minha pele é muito branca e sempre tive receio de usar tons mais fechados e destoar muito. Meu primeiro investimento em uma cor escura foi um batom líquido de acabamento matte da Vult. Achei a cor e o preço bem atrativos, e como já tinha gostado do batom líquido da Dailus, resolvi dar uma chance pro da Vult também.

 photo Review-Batom-liquido-com-acabamento-matte-da-Vult.jpg

Comprei o meu na cor 08 (um vinho bem bonito, que me lembra o Açaí da coleção da Julia Petit para a MAC) na loja Mundo do Cabeleireiro, aqui em Recife mesmo. Paguei cerca de R$ 20 no produto e confesso que fiquei bem satisfeita. Apesar de ter um acabamento matte (que eu adoro!), o batom não fica super seco nos lábios, sabe? A sensação cremosa permanece por um tempo e ele acaba demorando um pouquinho pra secar. E mesmo quando isso acontece, as linhas da boca não ficam aparentes, justamente por ele ser cremosinho. A cobertura é excelente e uma camada basta. A durabilidade também me agradou e confesso que até sofri quando fui remover o batom.

Continue lendo

Beleza, Review

Review: Esmalte Lapa da L’apogée (idêntico ao Frio na Barriga)

22 de agosto de 2014

Não sou do tipo que tem coleção de esmaltes e nem do que não aguenta ficar uma semana sem alguma cor nas unhas. Definitivamente não me preocupo muito com isso, ainda que eu adore a sensação de estar com as unhas bonitas, como a grande maioria das mulheres. Mas apesar dessa não ser uma questão primordial na minha vida, nos últimos meses fiquei meio obcecada por uma cor específica. Acho que eu e metade das mulheres do Brasil, já que o esmalte que fisgou minha atenção está esgotado há semanas e é dificílimo de encontrar. Sim, eu realmente quis MUITO o Frio na Barriga, da coleção da Gio Antonelli para a Hits. Acreditem, procurei esse danado em diversas lojas e farmácias, físicas e online. Cheguei a encontrar TODA A COLEÇÃO, menos esse azul irresistível. Foram quase dois meses de busca implacável, até que a vendedora de uma loja – que provavelmente não aguentava mais minhas idas semanais ao estabelecimento, onde cheguei até a deixar meu contato para o caso do esmalte ser reposto no estoque – me ofereceu uma alternativa.  A vendedora em questão, com pena de mim, provavelmente, me apresentou o esmalte Lapa, da linha Encantos Mil da L’apogée, marca que até então eu nem conhecia. Ela me mostrou inclusive o catálogo da Gio Antonelli para que eu pudesse comparar os tons. Fui convencida quando  vi que realmente eram parecidíssimos, pra não dizer idênticos. O preço também era bastante convidativo (paguei apenas R$ 2,75, uma pechincha em comparação com os R$ 6,90 do Frio na Barriga).

 photo EF799C2A-34F9-46F5-A924-FA76EDEA84E7.jpg

No dia seguinte tive um tempo livre e corri para o salão a fim de finalmente ficar com as unhas azúis e lindas, rs. Lá, perguntei a manicure se ela já tinha ouvido falar da marca, a L’apogée, e ela disse que “Sim, é ótima, dura horrores”. Durante a aplicação percebi que o esmalte é realmente muito cremoso, mas bastou uma segunda mão para que ele já atingisse o tom desejado com uma cobertura perfeita. A embalagem do produto promete  uma secagem rápida, o que, para minha surpresa, realmente aconteceu. Sou um desastre em manter as unhas impecáveis, porque simplesmente não consigo não borrá-las logo depois que são feitas. Com o Lapa, no entanto, obtive sucesso.

 photo 9D3D6E61-5449-49B5-9640-739D0D71D49F.jpg

A cor realmente se assemelha MUITO a que eu queria. Algumas pessoas até me perguntaram onde eu tinha encontrado o Frio na Barriga, de tão parecido. Portanto, em relação ao custo-benefício, foi um investimento maravilhoso. Recomendo para quem, assim como eu, não aguenta mais procurar o esmalte por aí, sem sucesso. O Lapa é realmente idêntico e é maravilhoso. Se joguem!

Beleza, Review

Review: Batom líquido da Dailus Pro

8 de julho de 2014

O batom líquido da Dailus Pro era um dos itens da minha wishlist de julho. Cheguei a comentar no post que ele era bem baratinho e acabei o encontrando em uma loja no shopping, dias depois. Paguei R$ 21,50 no meu, cerca de dois reais acima do preço sugerido, mas eu queria muito testar o produto, que nada mais é que um batom líquido (dã!) que promete um acabamento matte na  boca. A embalagem indica ainda secagem rápida e extrema cobertura.  Agora que tenho o batom em mãos e já testei por uns dias, venho compartilhar com vocês minhas impressões.

 photo dailus.jpg

Na loja em que fui, a Mundo do Cabeleireiro, em Recife, encontrei três das cinco cores existentes: Attitude (rosa), Sissone (nude), e Plié (coral). Eu estava mesmo em busca da cor Ballet, um vermelho escuro fechado e  phyno. Como eu queria mesmo testar o produto e a vendedora garantiu que a procura estava muito grande e provavelmente eu não encontraria o encontraria nas prateleiras outro dia, acabei trazendo pra casa o Sissone, convencida de que, por ser uma cor discreta, eu teria mais facilidade em usar.

Ainda na loja, enquanto escolhia, reparei que o batom líquido parecia um tanto seco em algumas embalagens, como se estivesse craquelado. Temi um pouco em relação à textura, mas fui logo testando quando cheguei em casa. A primeira sensação que tive foi a de que eu estava passando um mousse na boca. O produto espalha bem, apesar de não ser tão líquido como eu imaginava. A secagem é extremamente rápida, como prometido na embalagem. Na verdade, você já passa ele quase seco nos lábios. Durante o uso, não senti como se estivesse usando realmente um batom. A sensação era a de algo mais leve. Usei antes de ir a uma festa infantil (onde comi muito) e ele foi muito guerreiro, hehe. Durou bastante na boca e não borrou. Mas sabe quando você está há muito tempo com um batom na boca e ele parece “gasto”, pedindo por um retoque? Essa foi a sensação que tive quanto a cobertura. Apesar de ter melhorado com uma segunda camada, achei que esse aspecto deixou a desejar.

 photo dailus3.jpg

Por ele ser bastante sequinho, não é uma boa ideia ficar passando os lábios um no outro, sabe? O produto acaba transferindo um pouco e você precisará de um retoque logo em seguida. Sugiro passar um balm/hidratante levinho antes da aplicação, para que as imperfeições da boca (tipo linhas) não fiquem muito evidentes.

Achei o produto legal, apesar de não ser a décima maravilha do mundo. Acho uma boa opção para quem não curte usar batom, justamente por ser mais leve e menos pegajoso. Não sei se comprarei outro quando o meu acabar, mas acho que a experiência foi bem válida e que talvez seja ainda mais positiva com outra cor. Deixarei o meu batom líquido na bolsa, para usar durante o dia a dia.

Você pode encontrar mais posts como este na categoria Review, aqui no Três Coisas.